Um homem foi preso e a polícia pede apoio à população para identificar outros envolvidos

A Polícia Civil, por intermédio das Delegacia de Campo do Brito, Macambira e São Domingos, deu cumprimento a um mandado de prisão por roubo majorado por uso de arma de fogo e concurso de pessoas e associação criminosa em Lagarto. As investigações duraram dois meses. 

Segundo o delegado Wilkson Vasco, o investigado João Victor Monteiro da Silva, de 19 anos, pertence a uma associação criminosa especializada em roubo de moto. Os criminosos estavam causando verdadeiro terror na população que utilizava o trecho da rodovia de Campo do Brito, Macambira, São Domingos  e Lagarto.

O delegado Alisson Lial, do setor de narcóticos da Regional de Lagarto, explicou que a associação criminosa todos os dias utilizava a mesma forma de atuação: de dois a quatro homens iam com um carro celta prata até o trecho da rodovia das referidas cidades;  passavam a abordar motociclistas com extrema violência; ameaçavam pessoas com arma de fogo, demonstrando, inclusive, interesse em “atirar para matar”.

Há dois meses foi identificada a necessidade de coibir os roubos e demais atuação da associação criminosa, tendo a equipe de investigação da Polícia Civil de Campo do Brito, Macambira e São Domingos iniciado uma investigação.

Após diversas diligências (mantidas em sigilo para preservar as linhas investigativas), incluindo termos de reconhecimento pelas vítimas, dois homens foram apontados como suspeitos de pertencerem à associação criminosa e terem cometido ao menos seis roubos.

Os homens realizavam roubos nas referidas cidades, mas se escondiam e moravam em Lagarto. 

A equipe do de Lagarto possuía uma investigação já em andamento contra os mesmos assaltantes, suspeitos de roubos e tráfico de drogas na respectiva cidade. Inclusive, além de roubos na cidade de Lagarto, já havia informações de roubos em Simão Dias, utilizando-se do mesmo modus operandi.

As investigações foram unificadas pelas unidades da polícia judiciária a fim de pôr fim nos roubos diários. Após a emissão dos mandados de prisões contra os dois homens, um foi preso e o outro está foragido. O veículo usado nos crimes, um Celta prata, foi apreendido pela polícia. 

A Polícia Civil solicita apoio para localizar o segundo suspeito, Talisson Augusto Dias dos Santos, também de 19 anos – que circula pelas cidades de Lagarto e São Domingos.

As investigações continuam para identificar os demais comparsas. Reforça a importância de utilizar o Disque Denúncia 181 para denunciar infratores. A ligacão é gratuita e o sigilo absoluto.

Siga o Rapidão da Notícia no Instagram:⤵️

https://www.instagram.com/o_rapidao_da_noticia/

Repórter: Elenilton Santos O Rapidão da Notícia.

Jornalismo: Rede Xodó de comunicação.

#AquitemNotícias

Parceiro:  Informações Policiais.



Atualizado: 31 de outubro de 2020 às 13:14

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem