O Rapidão da Notícia

A operação resultou em quatro prisões e as buscas seguem para chegar até outro envolvido nas ações criminosas

A operação Shutdown, da Polícia Civil, foi deflagrada na semana passada e encerrada nesta quarta-feira, 19, no município de Lagarto. A ação policial, que teve como objetivo desarticular um grupo criminoso que atuava com tráfico de drogas e venda ilegal de armas de fogo, resultou nas prisões preventivas de três homens e no cumprimento de outro mandado de prisão contra um quarto investigado. 

Segundo a delegada regional de Lagarto, Michele Araújo, as apurações iniciaram há cerca de três meses, quando, no curso de uma investigação de homicídio, descobriu-se que o adolescente suspeito do ato infracional era usuário de droga, sendo consumidor de alguns narcotraficantes, além de se relacionar com pessoas que possuíam armas de fogo, inclusive um deles atuava no comércio ilegal de armas.

“Nós identificamos essas pessoas e realizamos outras diligências, inclusive buscas e apreensões autorizadas pela Justiça. Durante as buscas, o investigado por comércio de arma de fogo foi preso em flagrante no dia 23 de junho, permanecendo preso. Outro suspeito de possuir uma arma de fogo também foi preso por posse de arma no dia 15 de julho”, detalhou.

Com o decorrer das investigações, foram representadas as prisões, cumpridas pela unidade policial. “Com todas as evidências obtidas, representamos pela prisão preventiva dos investigados que foi acolhida pela Vara Criminal de Lagarto e foi cumprida por nossa equipe, inoculando, principalmente, dois focos de criminalidade perigosa: um com atuação no tráfico de drogas e outro no comércio ilegal de arma de fogo”, explicou.

Os investigados permanecem custodiados e, na medida da participação de cada um, responderão por crimes como tráfico de drogas com envolvimento de adolescente, comércio ilegal de arma de fogo, entrega de arma de fogo a adolescente, posse irregular de arma de fogo de uso permitido e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. 

As investigações e buscas seguem para chegar à localização de outro envolvido com o grupo. Informações e denúncias podem ser repassadas por meio do Disque-Denúncia (181). O sigilo é garantido.

Shutdown

A operação foi batizada de “Shutdown” em alusão a um comando de alguns sistemas de computador, o qual encerra os serviços em operação, já que foram encerradas ações criminosas que estavam andamento na cidade.


Fonte: SSP

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem