O Rapidão da Notícia

Por Daniel Villas-Bôas, com informações do Gaeco

Com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão expedidos pela 6 ª Procuradoria de Justiça Criminal do Ministério Público de Sergipe, na manhã desta quarta-feira, 15, foi deflagrada a Operação Lignum.
Diversos endereços residenciais, empresariais e de órgãos públicos, nos municípios de Laranjeiras e Aracaju foram alvo da ação que teve participação dos departamentos da Polícia Civil, DEOTAP e DENARC, da Polícia Militar do Estado de Sergipe, através da Agência Central de Inteligência  (ACI) e do Gaeco.
As investigações correm em sigilo e são um desdobramento de outra investigação anterior conduzida pelo Ministério Público Estadual, que veio à tona por meio da Operação Cítrus, que investiga supostos desvios de recursos públicos destinados à aquisição de medicamentos e insumos de saúde.
Apura-se, agora, suposto desvio na aquisição de portas, peças de madeiras e outros materiais e insumos de construção, os quais em tese deveriam ser destinados à reforma de escolas porém nunca chegaram ao destino.
Não há, no momento, mandados de prisão a serem cumpridos. E as equipes do Ministério Público e da Polícia estão divididas nos 09 alvos abrangidos pela ordem judicial de inspeção, buscas e apreensões.

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem