O Rapidão da Notícia
Cinco suspeitos foram encontrados no conjunto Augusto Franco, na capital, e ação policial continuou na cidade de Cristinápolis

Uma operação conjunta entre policiais civis do Departamento de Narcóticos (Denarc) e da Delegacia de Cristinápolis resultou nas prisões em flagrante de cinco suspeitos integrantes de uma associação criminosa. A ação contou com o apoio da Divisão de Inteligência (Dipol). O grupo desarticulado agia na capital e na região Centro-Sul do estado. Durante o trabalho policial, no conjunto Augusto Franco, foram apreendidas duas pistolas, mais de 80 munições, além de drogas. Os envolvidos foram detidos no final da tarde dessa segunda-feira, 22.

As investigações se iniciaram após o recebimento de uma informação anônima repassada pelo Disque-Denúncia (181). Parte do grupo foi encontrada em um apartamento no Augusto Franco. Lá foram presos Robson Pereira Sousa, conhecido como “Canela”, 28, suspeito de ser o chefe do grupo; Ítalo Feitosa Victor, o “Mago”, 19, e Wanderson Santana Góis, o “Guinho”, 21.

Nas proximidades do apartamento, foram presos o mototaxista Anderson Gonçalves Santos, o “Totó”, 38, e o passageiro Daciel Santos de Santana, o “Ciel”, 22, suspeito de ter acabado de comprar maconha e cocaína a Robson.

Ao todo, foram apreendidos cerca de 1 kg de cocaína, cerca de 3 kg de maconha, uma pistola Glock 9mm, uma pistola Taurus calibre 380; além de 88 munições, dois coletes balísticos, uma balança digital utilizada para pesagem dos entorpecentes e demais produtos utilizados no processo de manipulação da droga.

Finalizadas as buscas, os suspeitos e o material apreendidos foram encaminhados para a sede do Denarc, onde todos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de arma de fogo. A autoridade policial representou pela prisão preventiva dos cinco suspeitos.

Ação em Cristinápolis

Já na cidade de Cristinápolis, outros três integrantes da associação criminosa receberam os policiais civis a tiros. Diante do confronto, os policiais dispararam e um dos homens, identificado como Hugo Henrique Santos, que acabou sendo ferido. Ele foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. No local, os policiais encontraram mais droga,  um revólver com três munições deflagradas e três intactas, além de uma motocicleta.

Fonte: SSP/SE

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem