Por Daniel Villas-Bôas, da Redação Xodó News




Por volta das 20h deste sábado, 14 de dezembro, na cidade de Nossa Senhora das Dores, no Sertão de Sergipe, o médico Gilberto Santos, ex- diretor do Hospital Cirurgia e pai do prefeito do município, Thiago Santos, se envolveu em uma briga de bar.
O tumulto teve início quando  o representante comercial José Ediranir dos Santos, que também, estava no Bar do Atleta, estabelecimento bastante conhecido na região e vinha fazendo uso das redes sociais para denunciar a administração do médico como presidente do Hospital Cirurgia, principalmente sobre a compra de um sitio superfaturado, em São Cristóvão, em nome do hospital, que custou R$ 3,3 milhões, conforme documento que se encontra em seu poder, foi agredido com uma garrafada na cabeça.
Ediranir então revidou a agressão e e também quebrou garrafas de cervejas na cabeça do ex-gestor, que por conta da idade avançada, acabou sofrendo cortes de maior gravidade.
O homem foi levado para o hospital de Capela e teve alta, após tomar quatro pontos na cabeça. Gilberto, por sua vez, foi transferido para um hospital de Aracaju e recebeu alta na manhã deste domingo, 15.
Atualizada às 11h.

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem