Por Daniel Villas-Bôas, da Redação Xodó News




Na manhã desta segunda-feira, 11 de novembro, o ex-prefeito de Capela (SE), Manoel Sukita Santos, que foi condenado a 13 anos e 9 meses de reclusão em regime fechado por corrupção eleitoral, foi posto em liberdade.
Ele é o terceiro sergipano beneficiado com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) , que acabou com a obrigatoriedade da prisão de condenados em 2ª instância.
Sukita seguirá direto para Capela, onde populares, amigos e correligionários o esperam.
Em tom de comemoração e alegria, Isadora Sukita, filha do ex-prefeito, confirmou a liberdade do pai.
Conforme a advogada Joseane Góes, o político foi libertado sem nenhuma restrição. “Ele estava em prisão provisória e responderá o processo em liberdade até o transitado em julgado”, disse a advogada.

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem