O Rapidão da Notícia
Após fazer análises de exames sorológicos que ficaram na última terça-feira, 26, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da a Coordenadora de Vigilância Epistemológica da SES, Mércia Feitosa, confirmou que uma criança de seis anos, que deu entrada no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) no último dia 15 de fevereiro, morreu vítima de dengue hemorrágica.
Mércia observa também, que ao chegar ao Huse no dia 15, a criança  apresentava quadro de  febre alta e sangramentos. E após três dias, a situação se agravou e ela morreu.
Ainda segundo a coordenadora, o fato da certidão de óbito ter apontado inicialmente a causa da morte como  hepatite aguda, não denota um erro pericial, mas o quadro da criança naquele momento. “Os sintomas de uma hepatite aguda e súbita são bem parecidos com o da dengue grave, que nós chamamos de dengue hemorrágica”, pontuou.

Por: Daniel Villas Bôas
Da Redação Xodó News

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem