O Rapidão da Notícia
Metade das ruas do município de Tomar do Geru, no Sul do Estado, está sem iluminação pública. O motivo de acordo com a Sulgipe, responsável pelo fornecimento de energia na cidade, é que a conta de energia de iluminação pública está com dez meses de atraso. Por causa disso, a empresa decidiu suspender a iluminação em 50% dos postes.

Ainda de acordo coma a Sulgipe, os prédios públicos ainda estão com energia por que são contas diferentes, mas alguns deles também estão com atrasos e podem ter a energia suspensa nos próximos meses caso a situação não seja regularizada.

O prefeito da cidade Pedrinho Balbino reconheceu a dívida, mas afirmou que ainda não sabe como vai pagar. Segundo ele, dos 10 meses em atraso, oito são da gestão dele e duas da gestão passada.

Ele disse que a prefeitura não tem recursos suficientes e que dá prioridade para o pagamento da folha dos servidores. E afirmou que a contribuição para a iluminação pública arrecada mensalmente cerca de R$ 9 ou R$ 10 mil, mas a conta a ser paga mensalmente é de aproximadamente R$ 23 mil, e que o município não tem condição de arcar com o restante.

Ao todo a dívida com a Sulgipe é de cerca de R$ 230 mil. O prefeito informou que nesta quinta-feira (13) esteve reunido com a direção da Sulgipe, mas que não tem previsão para resolver a situação.

Fonte: G1 Sergipe.

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem