O Rapidão da Notícia
Por Daniel Villas-Bôas
*Com informações do jornalista Edicarlos Queiroz, da Redação Xodó News 
Na manhã desta segunda-feira, 17, o desembargador Diógenes Barreto, do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), acatou uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije), impetrada pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), e suspendeu a diplomação do deputado federal eleito, Valdevan 90 (PSC).
Preso no âmbito da Operação Extraneus, deflagrada pela Polícia Federal e estando custodiado desde o último dia 7 na Cadeia Pública de Estância, Noventa foi beneficiado no domingo,16, por uma decisão do ministro Luís Roberto Barroso, que acatou parcialmente o pedido de Habeas Corpus  formulado pelo advogado Evaldo Campos, responsável pela defesa do futuro parlamentar, e permitiu que o mesmo fosse diplomado às 17h desta segunda-feira,17, no Teatro Atheneu, em Aracaju, sob escolta policial.
No entanto, a decisão favorável ao político que obteve mais de 45 mil votos no pleito do dia 7 de outubro foi derrubada. O caso chegou a ser levado ao pleno do Tribunal onde, o advogado Fabiano Feitosa chegou a fazer a sustentação oral a favor de Valdevan 90, no entanto, os demais desembargadores, por unanimidade, acompanharam o entendimento de Dr. Diógenes.

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem