Na manhã desta quarta-feira 16, morreu um bebê na unidade de pronto atendimento (UPA) de Tobias Barreto (SE), a mãe teria dado entrada na unidade por volta das 4h em trabalhos de parto e a criança nasceu prematura pesando 1kg e 500 gramas, e com dificuldades respiratórias. A partir deste momento, os médicos precisaram fazer trabalhos intensivos para salvar o bebê, como não tinham estrutura na unidade, eles pediram a transferência para a maternidade Santa Isabel em Aracaju, solicitando a unidade de saúde avançada da samu (USA).
A samu chegou na upa por volta das 8 e 20h da manhã e foi feito as manobras respiratórias, porém os médicos não conseguiram estabilizar o quadro do bebê, que acabou não sendo transferido permanecendo na unidade em monitoramento. Por volta das 10h o bebê não resistiu e veio a óbito.

Em rede social, familiares informou que teria sido negligência médica e que iria procurar a justiça. Procurada pela equipe de reportagem da Rede Xodó de Comunicação, a superintendente da upa, Elen Caroline, negou que tenha havido negligência médica, segundo ela foram feitos todos os procedimentos cabíveis para salvar a vida da criança, porém a unidade não disponibiliza de estrutura de uma maternidade, por conta disso, as gestantes são encaminhadas para outros municípios, no caso dessa mãe não tinha como encaminhar, ela já teria dado entrada em trabalhos de parto.

Repórter Elenilton Santos: O Rapidão da Notícia.
Jornalismo: Rede Xodó de Comunicação.

#aquitemnoticias.
www.orapidaodanoticia.com.br
Parceiro:  Informações Policiais.

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem