O Rapidão da Notícia
Devido às diversas tentativas da Comissão Sindical juntamente com os Servidores do Magistério da Rede Municipal de Tobias Barreto, _em convocar uma audiência com o gestor do município_ para tratar de pautas inerentes ao Magistério e _não obter nenhuma resposta ao pleito_, a CATEGORIA DELIBEROU, em Assembleia Geral Extraordinária, por uma PARALISAÇÃO no dia 19/03/2018 (segunda-feira).

Linha do Tempo dos Eventos ocorridos neste ano até o presente momento:

✅ *16/01/2018 - Terça-feira *

Em reunião com representantes da atual gestão ficou firmado que a administração iria fazer um estudo do impacto da nova atualização do Piso do Magistério/2018 (que é de *6,81%*, em cumprimento à Lei Federal 11.738/2008) e que até o dia _15/02/2018_ (data do retorno dos trabalhos da Câmara Municipal) _os mesmos dariam uma posição concreta sobre esta demanda_.

❌ *O que de fato aconteceu*:
Nenhum posicionamento oficial da administração.

✅ *28/02/2018 - Quarta-feira *
Nesta data a Categoria do Magistério realizou, na praça da Igreja, uma Assembleia Geral Extraordinária com o objetivo de agendar com o gestor uma audiência para tratar, dentre outras pautas:

(i) Atualização do Piso do Magistério (6,81%);
(ii) Chamada Pública;
(iii) Reestruturação da rede;
(iv) Correção do desconto e repasse junto ao INSS de valores dos vencimentos do servidores do Magistério.

❌ *O que de fato aconteceu*:

A administração, por meio de alguns de seus secretários, ficou de entrar em contato com o gestor do município para agendar tal audiência e que informariam à categoria. _Todavia, isto não aconteceu_.

✅ *08/03/2018 - Quinta-feira *

Devido ao não recebimento de nenhum contato, por parte da administração, informando a data de uma possível audiência, os servidores do Magistério deliberaram por uma outra Assembleia Geral Extraordinária, em praça pública (e, em seguida se dirigiram para o prédio da prefeitura) para tentar agendar com o gestor uma audiência para tratar e discutir demandas da Educação, a saber:

(i) Atualização do Piso do Magistério (6,81%);
(ii) Chamada Pública;
(iii) Reestruturação da rede;
(iv) Correção do desconto e repasse junto ao INSS de valores dos vencimentos do servidores do Magistério.

❌ *O que de fato aconteceu*:

Mais uma vez a administração, por meio de seus assessores, ficou de marcar uma audiência junto ao gestor e informar à categoria, _todavia, isto não aconteceu_.


✅ *13/03/2018 - segunda-feira*

Diante do fatos ocorridos e sintetizados acima a Categoria do Magistério, em mais uma Assembleia Geral Extraordinária, realizada nesta segunda-feira (13/03), *decidiu deliberar por uma PARALISAÇÃO dos trabalhos na próxima segunda-feira, dia 19/03/2018*.

_Motivos que levaram à categoria tomar este posicionamento_:

(i) A NÃO Atualização do Piso do Magistério em *6,81%*, retroativo janeiro (em cumprimento à lei Federal 11.738/2008);

(ii) NENHUM POSICIONAMENTO da administração quanto a Chamada Pública (Prazo p/ este procedimento e aquisição de novas matrículas se encerram em Maio);

(iii) NENHUM POSICIONAMENTO quanto a Reestruturação da rede;

(iv) A NÃO Correção e/ou atualização da Letra e dos Triênios da Carreira no vencimento dos docentes;

(v) A NÃO Atualização da mudança de nível de alguns educadores;

(vi) NENHUM POSICIONAMENTO da administração quanto à Correção do desconto e repasse junto ao INSS de valores dos vencimentos do servidores do Magistério.



```Sintese, somos muitos! Somos Fortes```!

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem