Ministério Público recomenda a suspensão temporária da feira livre e recomenda que bancos adotem providências para evitar aglomerações em Tobias Barreto

O Ministério Público através do promotor Dr. Paulo José, fez duas recomendações nesta segunda-feira, 6 de abril. A primeira delas foi relacionado a suspensão temporária da feira livre de alimentos e carnes em Tobias Barreto (SE), a suspensão será feita em um prazo de até uma semana para uma reorganização e readequação, tendo em vista que, nas últimas feiras após a reabertura, havia uma grande aglomeração de pessoas.

A segunda recomendação foi relacionado as agências bancárias, que terão que adotarem providências para evitar aglomerações. De acordo com o promotor Dr. Paulo José, o Ministério Público, foi acionado relacionado a algumas instituições bancárias que estariam sem controle de fila de espera de usuários, inclusive com presença de idosos, com aglomerações, sem informações pertinentes.

Diante da urgência da matéria e da proliferação rápida do covid-19, fica estabelecido o prazo de 24h para que as agências cumpram efetivamente a recomendação. A polícia militar será acionada relacionado à aglomerações na parte externa das agências.

Siga o Rapidão da Notícia no Instagram:
https://www.instagram.com/o_rapidao_da_noticia/
Repórter: Elenilton Santos O Rapidão da Notícia.
Jornalismo: Rede Xodó de comunicação.
#AquitemNotícias
Parceiro:  Informações Policiais.

Nenhum comentário