Radialista é condenado a nove anos e seis meses de prisão por crime de estupro


Por Daniel Villas-Bôas, da Redação Xodó News


Por meio de sentença proferida pela juíza Olga Barreto, da 1ª Vara Criminal, o Poder Judiciário do Estado de Sergipe condenou o radialista George Magalhães a nove anos e seis meses de prisão.
Ocorre que em agosto de 2018, o comunicador foi denunciado por estupro. A vítima foi uma mulher de 42 anos, que trabalhava no condomínio onde o radialista morava.
A informação em torno da sentença, foi divulgada nesta terça-feira, 24.
Vale lembrar, que dururante as investigações, George chegou a ser preso. À época, foi alegado que ele estava tentando  corromper testemunhas do caso.

Nenhum comentário