Homem que teria pedido cabeça de vigilante como prêmio morre em confronto com a polícia na cidade de Capela


Por Daniel Villas-Bôas, da Redação Xodó News 


Arapiraca é suspeito de ter participado do assassinato do Mário Sérgio.

No final da tarde da última quinta-feira,10, na cidade de Capela (SE), um ex-presidiário identificado como Fábio da Silva Souza, vulgo Arapiraca, morreu em confronto com policiais militares do 9º Batalhão de Polícia Militar e policiais civis da Delegacia de Capela e da Coordenadoria das Delegacias do Interior (Copci).  A informação foi divulgada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).
Conforme a SSP, Fábio que acumulava passagem pelo sistema prisional do estado de Alagoas por  por porte ilegal de arma de fogo e violência contra a mulher, reagiu  a voz de prisão que foi dada pelos policiais e efetuou disparos por arma de fogo contra as equipes. Houve o revide e o homem foi alvejado. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu.
Ainda conforme a SSP, Arapiraca era o terceiro suspeito de envolvimento na morte do vigilante  Mario Sergio. O vigilante foi morto a facadas e teve a língua e a mão decepadas na ação criminosa. Dois outros envolvidos já tinham sido localizados, um deles entrou em confronto com a polícia e outro se entregou na delegacia.
As investigações apontaram que  Arapiraca, teria pedido a cabeça da vítima como prêmio.

Nenhum comentário