Santos sofre com Gabigol e Flamengo dispara na ponta

O triunfo flamenguista nesse sábado saiu de um confronto marcado pelo equilíbrio

O grito de “seremos campeões” ecoou mais forte na Nação neste sábado, no Maracanã. Com gol de Gabigol e empenho comovente, o Flamengo bateu o Santos por 1 a 0, na partida com ares de final pela décima-nona rodada do Brasileirão.
O triunfo fez o Rubro-Negro saltar para 42 pontos na ponta do Brasileirão e conquistar o Troféu Osmar Santos (prêmio que o LANCE! dá ao “vencedor” do primeiro turno). Já o Peixe estacionou nos 37 pontos.
Haja coração!Não faltou emoção no acirrado duelo entre rubro-negros e santistas desde o primeiro minuto. Depositando suas fichas em Bruno Henrique e Everton Ribeiro, o Flamengo lançou-se à frente, mas recorria a cruzamentos diante de um adversário forte. Em sua grande chance Arrascaeta bateu rasteiro, rente à trave. A boa investida de Gabigol foi travada por Gustavo Henrique. Com maior presença na área, o Santos pecava na pontaria. Marinho desvencilhou-se da marcação e cruzou, mas Jorge furou ao concluir. Já o arisco Soteldo, melhor do Peixe em campo, teve uma chance na pequena área, mas foi travado por Rodrigo Caio.
De novo… Gol do Gabigol!Aos poucos, o Rubro-Negro aumentou seu ímpeto em campos. Até, aos 43, a Nação testemunhar o que já virou rotina. Após contra-ataque, Gabigol passou por Gustavo Henrique e bateu por cobertura. Éverson, adiantado, não teve chances de evitar o 16 gol do camisa 9 no Campeonato Brasileiro.
Ousadia e… tudo ou nada!A volta do intervalo trouxe um Flamengo mais ousado ofensivamente. Gabigol finalizou rasteiro e viu a bola sair à direita de Éverson. Em seguida, Everton Ribeiro finalizou, mas a bola foi salva por Gustavo Henrique. A apatia santista para criar jogadas fez Jorge Sampaoli lançar em Uribe no lugar de Luan Peres, deixando a equipe com quatro jogadores na linha de frente.
Cabia mais, FlaAproveitando os espaços deixados pelo Santos, a equipe de Jorge Jesus teve nova chance de ampliar. Bruno Henrique entortou Victor Ferraz e arriscou da esquerda. A bola bateu em Éverson e foi para escanteio. Em seguida, Everton Ribeiro finalizou da intermediária e tirou tinta da trave.
Contornos dramáticosO jogo ganhou doses de drama na reta final. Com a entrada de Cueva, o Santos lançou-se ao ataque e rondou a área. Felipe Jonatan e Jorge arriscaram, mas não tiveram efetividade. Livre, Gabigol recebeu a bola limpa, mas mandou para as nuvens. Já nos acréscimos, o camisa 9 teve a chance de lançar Bruno Henrique, mas pecou pela precisão no passe. Não importava. Ele tinha sido crucial para embalar o Flamengo ao som de “seremos campeões”.
FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1 X 0 SANTOS
Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data-hora: 14 de setembro de 2019, às 17h
Árbitro: Braulio da Silva Machado (Fifa/SC) Nota L!: 5,5 – Errou em alguns amarelos e sentiu o nervosismo do jogo
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa/SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
Árbitro de vídeo: Rafael Traci (SC)
Gramado: Bom
Público e renda: 62.510 pagantes, 68.243 presentes e R$ 3.328.050,95
Cartões Amarelos: Bruno Henrique, Gabigol, Jorge Jesus (FLA); Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo, Marinho, Cueva e Jorge Sampaoli (SAN)
Cartões vermelhos: não houve.
GOL: Gabigol 43’/1ºT (1-0)
FLAMENGO
Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís (Renê, 45’/2ºT);Willian Arão, Gerson, Arrascaeta (Berrío 38’/2ºT) e Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus
SANTOS
Everson; Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Luan Peres (Uribe, 19’/2ºT); Victor Ferraz, Alison, Carlos Sánchez (Felipe Jonathan, 31’/2ºT) e Jorge; Soteldo, Eduardo Sasha (Cueva, 24’/2ºT) e Marinho. Técnico: Jorge Sampaoli
Outros jogos
Palmeiras 1 x 0 Cruzeiro
Chapecoense 1×2 Vasco
Ceará 0 x 0 Botafogo
Fonte: Lance

Nenhum comentário