Última integrante da família do mel é presa pela polícia civil de Tobias Barreto

Policiais civis sob o comando do delegado Dr Fábio Alan, deram cumprimento de mandado de prisão preventiva em desfavor de Gislene Ramos de Andrade, "Lili", acusada por tráfico de drogas.

A prisão de Lili se deu na manhã desta quinta-feira, 22, em Tobias Barreto (SE), ela era uma das foragidas da operação Apis Mater (abelha rainha), deflagrada em abril do ano 2017, pelo delegado Dr Fábio Alan na cidade de Tobias Barreto. Na ocasião o delegado e sua equipe teria desarticulado uma quadrilha conhecida como "família do mel", que dominava o tráfico no município e tinha como chefe a matriarca Vanda do mel.

O delegado Fábio Alan relatou que com a prisão de Lili, última remanescente da quadrilha do mel, conclui a operação que na época teve três meses de investigações e oito pessoas presas, todas acusadas pelo mesmo envolvimento, tráfico de drogas.
Repórter: Elenilton Santos: O Rapidão da Notícia.
Jornalismo: Rede Xodó de Comunicação.
#AquitemNoticias
Parceiro: Informações Policiais.

Nenhum comentário