Cuéllar deixa o Flamengo e vai para o Al Hilal

O colombiano Gustavo Cuéllar não faz mais parte do elenco do Flamengo. O time carioca aceitou nesta sexta-feira (30/08/2019) liberar o volante para concluir a negociação com o Al Hilal, da Arábia Saudita.
O Flamengo não informou os valores da negociação, mas, de acordo com o site Globoesporte.com, o Al Hilal pagará 7,5 milhões de euros (cerca de R$ 34 milhões). O Rubro-Negro tem direito a 70% dos direitos econômicos de Cuéllar, porém teria entrado em acordo com o Deportivo Cali para levar mais porcentagem.
O relacionamento entre Cuéllar e Flamengo estava conturbado desde o término da Copa América. Na última sexta-feira (23/08/2019), o clube chegou a anunciar o afastamento do jogador “por tempo indeterminado por questões disciplinares”. A punição, no entanto, durou apenas 48 horas e ele foi reintegrado e a campo diante do Internacional, na quarta-feira (28/08/2019), no duelo que classificou o time carioca às semifinais da Copa Libertadores depois de 35 anos.
Logo após a partida, o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, reforçou que o desejo de Cuéllar era deixar o clube, algo que foi concretizado nesta sexta. Durante a novela de negociação, outros motivos foram apontados para a insatisfação do colombiano no Rio, como até um relacionamento extraconjugal, o que foi desmentido.
Sem Cuéllar, a tendência é que o Flamengo aproveite o paraguaio Piris da Mota no setor.

Fonte: Metrópoles

Nenhum comentário