Promotoria pede afastamento de Valmir de Francisquinho

Prefeito foi preso na Operação Abate Final.

Nesta segunda-feira, o Ministério Público protocolou um pedido junto à Justiça para que o prefeito de Itabaiana (SE), Valmir de Francisquinho (PR), seja afastado do cargo e responda processo por improbidade administrativa.
A ação é assinada pelo promotor Amilton Neves Brito Filho, que se baseia no fato de Valmir ter sido preso no âmbito da Operação Abate Final. Fato que segundo ele, justifica o pedido.
Conforme as investigações, entre os anos de 2015 e 2017, a gestão municipal deixou de arrecadar R$6 milhões com taxas para abate de animais no matadouro municipal, mas que eram desviados dos cofres públicos.
Além de Francisquinho, foram  presos o secretário de Agricultura de Itabaiana, Erotildes José de Jesus, e os servidores  Jamerson da Trindade Mota, Breno Veríssimo Melo de Jesus e Manoel Messias de Souza. Caso o pedido do MP seja acatado, os outros funcionários públicos também devem ser afastados.
A Câmara Municipal deverá ser notificada para que a vice-prefeita assuma, já que ela foi empossada juntamente com Valmir no dia 1º de janeiro de 2017.
Por Daniel Villas-Bôas
Da redação Xodó News

Nenhum comentário