Belivaldo surge como uma liderança do povo, pontua Conceição Vieira

Deputada concedeu entrevista ao Jornal da Xodó em Rede

Passados os primeiro e segundo turnos dos pleitos eleitorais, é hora dos partidos políticos, quer sejam os vencedores ou mesmo os derrotados,  promoverem avaliações e pontuarem aspectos positivos e negativos durante a jornada. Afim de entender essa reflexão, nesta quarta-feira,31, o Jornal da Xodó em Redeentrevistou a deputada estadual  e coordenadora da campanha do governador eleito Belivaldo Chagas (PSD), Conceição Vieira (PT).
Aos âncoras Welder Ban e Eduardo Carvalho, Conceição relatou que a vitoriosa caminhada foi pautada na verdade e no trabalho. ” Ao avaliarmos toda a conjuntura, pontuamos que houve um resgate da imagem do PT tanto no âmbito nacional, quanto estadual. Conseguimos eleger Rogério Carvalho como senador e temos na figura de Eliane Aquino, um importante espaço no Executivo estadual”, comentou.
Questionada sobre o jeito Belivaldo de ser, Vieira afirmou que o governador foi premiado a partir de um exercício de paciência e a maturação políticas, diretrizes que conduziram o “Galeguinho” ao protagonismo. “Belivaldo soube ser paciente e com altivez sobe sair do desconhecimento ao papel de protagonismo. Ele chegou chegando, chegou para resolver. O trabalho do marketing foi potencializar a simplicidade e a objetividade de modo que foi gerada uma empatia Belivaldo-eleitores. Belivaldo surge como uma nova liderança e demonstra não estar empolgado, mas sim, estar focado em retribuir a confiança da população”, pontuou.
Indagada como o Partido dos Trabalhadores iria fazer oposição ao governo federal, sem que este posicionamento venha a impactar a administração estadual, a parlamentar argumentou que o combate aos posicionamentos do presidente eleito não é meramente partidário, mas social. “Pela primeira vez  elegemos alguém que diariamente vamos pedir a Deus que não cumpra suas promessas. Não será difícil fazer oposição deste jeito. Nossa função será lembrá-lo das desigualdades sociais e apontar de fato o que é de fato democracia. Demos um pulo no escuro e entregamos a presidência a alguém de quem  não sabemos o que esperar”, ponderou.
Adotando um tom brando e apontando que os interesses de Sergipe, Conceição Vieira desejou que o senador eleito, Alessandro Vieira (Rede), consiga deixar as divergências de palanques para os processos eleitorais e assim, tenha sabedoria e discernimento para entender que a população quer a renovação e assim, apostou em novos nomes para que estes venham a defendê-los. “O senador deve ter visão suprapartidária e assim, representar os interesses do estado e não os particulares ou de um determinado partido. É preciso atender as demandas”, disse.
Por Daniel Villas-Bôas
Da redação Xodó News

Nenhum comentário