Irmãos acusados por latrocínio morrem em confronto com a polícia e policial fica ferido durante operação em Poço Verde

Uma operação conjunta entre as polícias militar e civil de Poço Verde (SE), na manhã deste domingo, 10, terminou com a morte de dois irmãos acusados de cometerem um latrocínio no qual teria vitimado um idoso na noite deste sábado, 9, no município.
A operação que teve o comando do delegado Dr Fábio Alan e o tenente coronel Alexsandro Ribeiro comandante do 11° batalhão, deu início no povoado terra vermelha, local onde estavam escondidos os irmãos. O  objetivo principal da operação, era o cumprimento de mandado de internação em desfavor de Antônio da Silva Batista 18 anos, vulgo "tutu", por crimes de homicídios e roubo há mão armada, cometidos por ele ainda quando menor e a apreensão de Anderson da Silva Batista 15 anos, vulgo "tá", apontado pela polícia, como principal suspeito de ter atirado no idoso, que morreu vítima de latrocínio na noite de ontem 9.
O delegado informou que os irmãos eram de alta periculosidade e estavam envolvidos em diversos homicídios e roubos há mão armada no município. No momento da ação policial, a dupla reagiu atirando contra os policiais e acabaram sendo alvejados, um policial civil também foi atingido na perna, encaminhado para o hospital, mas está bem.

Na residência foram encontrados pela polícia as armas, utilizadas pelos irmãos, um revólver calibre 38, um calibre 32 e uma quantidade de drogas. Foram conduzidos também para delegacia regional em Tobias Barreto (SE), Gabriel Cardoso do Nascimento 19 anos e um menor de 17 anos, acusados de darem cobertura aos irmãos logo após eles terem praticado o latrocínio.
Repórter Elenilton Santos: O Rapidão da Notícia.

Jornalismo: Rede Xodó de Comunicação.

#aquitemnoticias.
www.orapidaodanoticia.com.br
Parceiro:  Informações Policiais.

Nenhum comentário