“Belivaldo é um cara bom, mas carrega um dos pianos mais pesados da história política”, afirma Danilo Segundo

Nesta terça-feira,22, o Jornal da Xodóentrevistou o advogado, radialista, ex-vereador por Aracaju (SE), presidente estadual do PROS e pré-candidato ao candidato de deputado federal Danilo Segundo. Na oportunidade,  Danilo comentou o porquê de está voltando ao cenário da política. “São quase seis anos sem disputar um mandado, mas diante do atual momento, e após debates com a sociedade, com familiares, chegamos a conclusão de que quando os bons se afastam, o mal toma conta dos poderes. Nós queremos resgatar a soberania nacional e retomar o crescimento econômico”, comentou.
Tendo iniciado sua trajetória partidária no PSB Jovem, o advogado mostrou gratidão pela legenda e disse apoiar a pré-candidatura de Valadares Filho ao Governo de Sergipe, embora atualmente esteja presidindo o PROS “Nós começamos nossa militância partidária no PSB Jovem, partido com qual sempre tive uma relação de proximidade, mas agora assumi o PROS com a missão de cada vez fortalecer a sigla. Dentre das nossas diretrizes está fazer um deputado federal por unidade federativa. No caso do governo, estaremos apoiando Valadares Filho, que já declarou não haver possibilidade de que ele venha a desistir da pré-candidatura. Ele carrega a esperança do povo sergipano”, pontuou.
Questionado o porquê de não apoiar Belivaldo Chagas (PSD), que também já foi membro do PSB, o radialista declarou ser preciso por fim a um governo que maculou a imagem do estado. “Belivaldo é um “cara bom”, mas carrega um dos pianos mais pesados da história política. Sergipe é um cemitério de obras inacabadas, conforme aponta um relatório do Tribunal de Contas. Desta forma não podemos apoiar a continuidade de um  governo que alega dificuldade financeira e mantém mais de 4 mil cargos comissionados, gastando mais de 130 milhões com o pagamento de salários”, afirmou.
Indagado sobre quais nomes apoiaria para o Senado, Danilo Segundo justificou que por ser advogado militante, iria marchar com o presidente da Ordem dos Advogados (OAB), Henri Clay Andrade. “Atualmente a OAB se faz presente às grandes questões sociais e assim falei para Henri Clay que ele não pode fugir à essa responsabilidade. Estarei militando com ele. Já na outra vaga, caso seja candidato, o nosso apoio será para o senador Antonio Carlos Valadares”, disse.
Por fim, o pré-candidato observou ser necessário repensar a economia sergipana e assim fazer com que o estado volte a gerar empregos.  “Eu fiz parte do Codevasf, que atua no Baixo são Francisco, região que apesenta os piores índices econômicos. Devemos lembrar que é a agricultura familiar movimenta a economia local. Não podemos aceitar que 5% da população concentrem praticamente toda a renda enquanto temos cerca de 200 mil famílias em situação de extrema pobreza”, encerrou.

Por Daniel Villas-Bôas
Da redação Xodó News

Nenhum comentário