Vettel lidera classificação e conquista a pole no GP do Azerbaijão

alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, foi o dono do melhor tempo no treino classificatório e conquistou a pole position do Grande Prêmio do Azerbaijão. Lewis Hamilton foi o segundo colocado e Valtteri Bottas o terceiro, formando uma dobradinha da Mercedes.


“Eu senti que o carro estava bom e eu sabia que poderia ter uma boa volta. Acho que será uma corrida intensa. Aqui tudo pode acontecer”, declarou Vettel.
Romain Grosjean, da Haas, precisou trocar o câmbio e perdeu cinco posições no grid de classificação.
Após a classificação na manhã deste sábado (28), o GP do Azerbaijão tem a corrida a partir das 9h10 (de Brasília) do domingo (29).
Todos os pilotos começaram o treino classificatório com pneus ultramacios. O primeiro eliminado no Q1 foi Romain Grosjean. Ele entrou na área de escape e deixou a atividade sem marcar tempo.
A Red Bull começou bem e chegou a liderar o Q1, com Ricciardo e Verstappen. Mas, logo em seguida, os carros da Ferrari assumiram a ponta. A 10 minutos para o fim da primeira parte do treino os cinco melhores eram os seguintes: Raikkonen, Vettel, Ricciardo, Hamilton e Bottas.
Raikkonen, Verstappen, Hamilton, Vettel, Ocon e Bottas voltaram para os boxes antes do fim do Q1, já confiantes com seus respectivos tempos.
Vandoorne, Gasly, Ericsson, Hartley e Grosjean foram os eliminados no Q1.
Na segunda parte do treino classificatório, os carros da Ferrari, Mercedes e Red Bull usaram pneus supermacios. Enquanto que os outros pilotos utilizaram os ultramacios. Deste modo, tudo indicava que as escuderias consideradas favoritas tinham a intenção de largar com os supermacios, mais lentos, porém mais duráveis.
Apesar disso, quase todos os pilotos, com exceção de Raikkonen, retornaram para a segunda parte do Q2 de pneus ultramacios.
Após a primeira rodada do Q2, os primeiros colocados eram os seguintes: Hamilton, Bottas, Verstappen, Vettel, Ocon, Ricciardo, Hulkenberg, Sirotkin, Alonso e Pérez.
Com o Q2 concluído, os eliminados foram Stroll, Sirtotkin, Alonso, Leclerc e Magnussen. Enquanto que os dez primeiros colocados foram Raikkonen, Hamilton, Bottas, Verstappen, Ocon, Vettel, Hulkenberg, Pérez, Sainz e Ricciardo.
Os dez pilotos do Q3 retornaram à pista com pneus ultramacios novos. Apenas Hulkenberg e Sainz utilizaram ultramacios usados.
As Mercedes se destacaram nesta fase do treino, Hamilton fez 1min41s840 e Bottas ficou 0s1 atrás. Apesar disso, Vettel bateu em todos em fez excelente volta com 1min41s498. Raikkonen errou na volta e ficou em sexto, 0s9 atrás do colega de equipe. A Ferrari, portanto, saiu na frente na luta pela pole.
Após as primeiras voltas do Q3, os dez primeiros foram Vettel, Hamilton, Bottas, Verstappen, Ricciardo, Raikkonen, Ocon, Pérez, Hulkenberg e Sainz.
Os pilotos trocaram os pneus para a segunda parte e última do treino classificatório.
Hamilton tentou, mas não conseguiu fazer um bom tempo para assumir a pole. O britânico ficou com o segundo lugar e Sebastian Vettel continuou com o melhor tempo.

Fonte: Notícias ao Minuto

Nenhum comentário